Capítulo 12

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011


- O mar está lindo, azul transparente. Acha que podemos entrar na água?

- Você quer? – Ele colocou o meu cabelo atrás da orelha.

- Muito.

- Então vamos, você manda! – Ele sorriu.

- Valeu! – Beijei o rosto dele.

- Só ganho um beijo no rosto?

- Por enquanto só. – Dei um selinho nele e levantei. – Vou me trocar.

Levantei peguei minha mochila e fui para o banheiro e coloquei um biquíni. Quando voltei para o quarto às janelas estavam abertas revelando um mar incrível.

- Nossa, que lindo! – falei.

- Lindo mesmo, mas consigo ver uma coisa mais interessante daqui – Taylor falou me olhando.

Ele estava sentado na cama.

- Muito engraçado – falei.

Ele estendeu uma mão para mim e eu peguei a mão dele. Ele me puxou para sentar no colo dele e me deu um selinho.

- Vamos? – perguntei já desistindo da idéia de ir ao mar.

- Vamos, antes que eu agarre você e não deixe sair – ele falou brincando.

Dei um beijo nos lábios dele e levantei.

- Vamos, só quero comer alguma coisa antes! – falei sorrindo.

Ele vestiu uma bermuda ali mesmo e fomos para a cozinha. Fizemos alguns sanduiches e comemos.

- Tay, sua desenvoltura na cozinha deixa a desejar.

- Falou a rainha do pão com queijo. – Ele sorriu.

- Vou fazer seu almoço e você vai ter que retirar o que disse.

Fomos andando para o mar e não tinha ninguém por perto, parecia uma praia deserta.

- Não tem absolutamente ninguém na praia! – falei surpresa.

- Por isso que esse é meu lugar favorito no mundo todo.

- Vai dizer que você não gosta das meninas agarrando você? – Dei um soco de leve no ombro dele.

Ele sorriu.

- Você é engraçada e eu gosto disso.

Entrei no mar.

- A água está ótima! – falei sorrindo e ele jogou água no meu rosto.

- Tay, você é muito bestão! – falei empurrando ele.

- Eu sou o bestão? Olha quem fala. – Ele jogou mais água no meu rosto e eu tentei afundar ele. – Você não vai conseguir me afundar nunca!

- Merda! Porque você tem que ser tão forte?

- Não sou eu que sou forte, é você que é mole!

Ele me segurou e me afundou com facilidade e logo depois me levantou.

- Seu chato!

Ficamos brincando um pouco e eu já estava exausta de competir qualquer coisa com ele, ele sempre ganhava.

- Cansei! – falei e fui sentar na areia.

- Pois é, mole... Eu sempre ganho!

- Ah é?

- SEMPRE!

Enchi minhas mãos de areia e joguei tudo nele e sai de perto, sabia que ele iria se vingar.

- Agora você me paga, Carre!

- Não Tay! – Fui para mais longe.

Ele correu ate me alcançar e me derrubou ficando por cima de mim. Ele jogou muita areia em cima de mim e eu comecei a rir.

- Pronto Tay, agora para!

- Não, só quando você admitir que eu sou o melhor.

- Tay, só joguei duas mãos de areia em você e você esta quase me enterrando. Preciso mesmo dizer que você ganhou de novo?

- Muito bem! – Ele parou de jogar areia em cima de mim e sentou-se ao meu lado. Depois me ajudou a sentar também, ele me puxou para sentar no colo dele.

- Valeu – falei.

- Sabia que eu adoro o seu jeito?

- Como assim?

- Assim, espontânea! Não fica tentando me agradar só é o que você é mesma, sem forçar nada!

- Você esta fazendo uma besteira como essas parecer grandioso.

- É grandioso! Sabe, às vezes fico rodeado por pessoas tentando me agradar, ou por pessoas que fazem o que acham que me agrada. Mas você não se importa em ficar me agradando, você só se diverte do seu jeito.

- Também não é assim, Tay.

- O pior é que é. Tenho os meus amigos e meus familiares, claro, eles são ótimos e essa regra não se encaixa neles. Não quero pessoas ao meu redor assim, quero que me tratem como um cara qualquer, que é o que eu sou.

- Não se preocupe, eu não vou tentar agradar você.

Enchi uma mão de areia e esfreguei no rosto dele. Começamos a rir e ele me beijou me sujando também. Ele foi deitando por cima de mim e nosso desejo começou a aumentar.

- Tay, para! – falei.

Ele continuou a me beijar como se eu não tivesse falado nada. Prendeu minhas mãos em cima da minha cabeça e começou a pressionar o corpo no meu.

- Tay, serio. Alguém pode ver... É melhor evitar.

- Não tem ninguém aqui!

- Sempre tem o Google Maps, olhando todo mundo, o tempo todo! – falei sorrindo.

- Maldito Google Maps! – Ele riu. – Você esta certa.

Ele se levantou e me pegou no colo indo em direção ao mar.

- Deixa eu tirar essa areia – ele falou entrando comigo no colo no mar.

Ele mergulhou comigo ainda no colo e depois me soltou. Virei um pouco para limpar mau cabelo que ainda tinha muita areia e ele veio por trás me beijando o pescoço.

- Tay!

Ele chegou bem perto da minha orelha.

- Agora você é minha!

Ele me virou de frente, levantou minhas pernas até a cintura dele e fomos nos beijando até entrar em casa.



16 comentários:

  1. Adorei Violet... a cada palavra vai ficando melhor. Parabéms!
    Espero que não demore muito para você postar o restante tá ficando ótimo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Luiza, obrigada!!! :D
    Fico feliz que esteja gostando!! (L)
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. CADA VEZ MELHOR!! LINDOSSS! AMEI VIOLET!

    ResponderExcluir
  4. ADOREI *-*

    já estava com saudades (:

    ResponderExcluir
  5. AI senhor Dona Violet parar logo na melhor parte nao vale!!!
    Adorando cada capitulo bjos e esperando por mais...

    ResponderExcluir
  6. ohoh
    Alguém resolveu postar
    auhsahsuahsash
    Então, não tenho o que dizer, eu amo essa fic você sabe
    poste mais

    ResponderExcluir
  7. adorei quero mais , posta logo o proximo capitulo

    ResponderExcluir
  8. está lindo posta rapidamente o resto :D

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus ñ tenho palavras para descrever esse capítulo está perfeitamente lindo,maravilhoso..
    Posta logo o outro capítulo logo não me faça sofrer kkkkkk'
    :D

    ResponderExcluir
  10. Nims@y, Ahhh obrigada flooor!! :D
    Beijos

    Vânia, Ahhh que bom que gostou!!
    Estava com saudade também!! Desculpe a demora... Mas tive uns problemas pessoais esses últimos meses!! ://
    Beijos

    Thais Franco, kkkkkkkkkkkkkkkkk desculpe... mas tenho que deixar o gostinho né?! kkkkkkk
    Obrigada, floor!! :D
    logo logo tem mais!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Poison Girl, éeeeee *-*
    Finalmente postei!! hi-hi-hi :(
    Obrigaaaaaaaada!! :D
    beijos

    Sha, obrigada!! já já tem mais!! :D
    Beijos

    andreia silva, logo logo tem mais um capitulo para vocês!! :D
    Obrigada!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Luanna, aaaaaah que bom que gostoooou!!! *-*
    Fico feliz!!! :D
    Já já tem mais... Prometo!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Gente como amo esse homem! <3

    Cap. Perfeito! Torcendo para que eles assuman logo, apesar que acho que a Carrie vai complicara as coisas..=D

    Parabéns Violet! Muito Bom! ;D

    ResponderExcluir
  14. Claudia, todas amam o Tay!!! kkkkkkkkkkkk
    será será? :D
    Obrigada, flor!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Lindo capítulo,flor!!
    Super romantico e fofo!
    Amei demais!!
    Bjs!!
    ♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  16. Cacau, muito obrigada, flooor!! :D
    Que bom que gostou!!!
    Beijos

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!