Capítulo Único

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Eu ainda estava me acostumando com o fato de chamar o Taylor de namorado, era um pouco engraçado. Eu nunca tinha chegado a imaginar isso, nem nos meus sonhos mais loucos.

Preferimos manter o namoro em segredo da mídia, eu preferia assim e Taylor concordou. Somente nossas famílias e nossos amigos muito próximos sabiam.

Na verdade, namorar ele, tinha seu lado ruim... Eu não podia simplesmente sair passeando com ele pelo shopping, pois uma multidão de fãs iria segui-lo. Ir ao cinema era impossível, e como esse era um dos meus programas preferidos sempre assistíamos filmes em casa e com muita pipoca.

Eu ia visitá-lo às vezes, e Taylor também vinha passar alguns dias na minha casa. Era um namoro caseiro. Na verdade não podíamos sair muito... Às vezes usávamos mascaras para sair, era divertido, as pessoas achavam que nós íamos assaltar os lugares, mas sempre dizíamos que ia haver uma festa a fantasia.

Os pais do Taylor não gostavam muito que ele saísse assim escondido, mas reconheciam que ele estava muito mais feliz comigo. Palavras deles!

O nosso principal programa em casa, além de ver filmes, era ver American idols. Eu e Taylor amávamos.

Quando minhas férias coincidiam com as dele, era ótimo. Parecia que dava tudo certo, passávamos o mês inteiro juntos na minha casa ou na dele, mas quando não... Era horrível. Chegávamos a ficar até três meses sem nos ver e isso destruía qualquer relacionamento.

Outubro o mês do meu aniversario, dia 13. E meu namorado provavelmente não poderia vir me ver. Ele tinha algum evento importante nesse dia, eu nem queria saber o que era.

Eu compreendia muito bem os compromissos dele. Sabia que existiam datas que ele não poderia transferir e essa era uma delas.

Meu próprio namorado não estava presente no dia do meu aniversario, era uma sensação horrível... Eu entendia o motivo, mas mesmo assim fiquei chateada.

Eu estava ficando cada vez mais chateada com nosso relacionamento. Tinha saído em vários sites de fofocas fotos do Taylor saindo com Sara Hicks, à ex-namorada dele.

Eu tinha ficado muito mais do que chateada, eu estava decepcionada. Apesar de saber que Sara é amiga de Makena e que em algumas fotos elas estavam juntas, eu estava decepcionada com Taylor.

Ele sempre dava a desculpa que Makena queria que ela estivesse perto, que queria sair com ela, mas eu sabia que nem sempre ele precisava ir junto. Era como se ele também quisesse mantê-la por perto. Como por exemplo, quando ele e Sara iam buscar Makena nos treinos de vôlei, se Makena realmente queria que Sara fosse pelá-la porque Taylor precisava ir também? Sara poderia muito bem ir sozinha ou Taylor poderia buscar a irmã e deixá-la na casa de Sara.

Eu sei que ela era uma menina comum, que namorou ele sem interesse nenhum, quando ninguém o conhecia. Ela não tinha culpa. Sabia que toda a família dele confiava nela, mas se ele queria ficar com ela, que ficasse e não me colocasse nisso. Agora ficar comigo e saindo com ela, isso eu não aceitaria. Principalmente com quase dois anos de namoro. Era inaceitável. Estávamos chegando ao limite da nossa relação.

Na ultima vez que nos vimos eu tive um ataque de ciúmes e ele soltou uma bomba em cima de mim, os dois tinham perdido a virgindade juntos e Sara achava que eles tinham uma ligação por causa disso... Segundo ele, ela é um pouco depressiva e ele tinha medo de se afastar completamente. Eu tinha ficado louca de ciúmes, mas não podia alterar o passado dele. Taylor, pelo visto, era o único que não notava que ela estava usando um pouco isso para tentar reconquista-lo.

Estava há uma semana sem ligar para o Taylor, às vezes ele me ligava, mas não era como antes. Ele estava gravando um filme e continuava com os passeios com Sara... Ele, como sempre, dizia que era amiga da irmã dele que não tinha como se afastar, mas eu nem estava mais me importando com o que ele dizia.

Se ele não estava me traindo, estava quase... Fazia alguns meses que não nos víamos e ele é homem. Além de homem tem milhões de mulheres aos pés dele. Porque ele estaria sendo fiel?

Estava pensando seriamente em ficar sozinha.

Além de tudo eu atrapalhava a vida dele e isso não é nenhuma novidade!

Depois do meu aniversario que ele não veio, ele percebeu que eu fiquei muito chateada, então no ano seguinte ele veio e perdeu um teste para um dos papeis mais importantes de carreira dele.

Ele abriu mão do teste para passar o dia comigo. Já fazia dois anos que estávamos juntos e sabia que quanto mais o tempo passava mais nos afastávamos. Eu sabia que atrapalhava a carreira dele.

O dia em que completávamos ano de namoro e os dias dos namorados sempre ficávamos o mais próximo possível, foram as melhores datas. Ele sempre preparava algo especial. Jantar, conhecer algum lugar novo, presentes sempre românticos e cheios de segundas intenções. Essas datas especiais que passávamos juntos não estavam sendo capazes de nos unir quando comparadas com o tempo que nós ficávamos separados.

Eu que já estava decepcionada com as fofocas com Sara, agora começaram boatos que ele estaria junto com a Marie Avgeropoulos, atriz que esta trabalhando com ele. Realmente um namoro a distancia era impossível de dar certo. Por mais que eu o amasse eu precisava tomar um rumo na minha vida.

Levando em conta toda a minha decepção com Sara, os mais recentes boatos com a Marie e nossas diferenças, tomei uma decisão. Eu sabia o que devia fazer, sabia que nossa historia nunca daria certo.

Peguei meu celular, respirei fundo, tomei coragem e digitei o número.

- Oi linda. – Era a voz de Taylor do outro lado da linha.

- Oi Taylor, precisamos conversar. – Fui direta.

- Pode dizer... – falou preocupado.

- Quando vamos nos ver de novo?

- Provavelmente daqui algumas semanas.

- É muito tempo... Preciso resolver um assunto – falei.

- Esta me preocupando, pode falar...

- Eu quero acabar, Taylor – falei firme, mas de firme eu não tinha nada. As lagrimas começaram a cair dos meus olhos.

O telefone ficou mudo.

- Ainda está ai? – perguntei.

- Aconteceu alguma coisa? – perguntou preocupado.

- Isso não esta dando certo, não tem com levar um namoro que passamos meses sem nos ver... Saber que datas importantes tem que ser marcadas com antecedência para não chocar com seu trabalho. Nunca daria certo mesmo Taylor! – Segurei firme minha voz para ele não perceber o quanto eu estava abalada.

- Por que esta fazendo isso comigo? – ele parecia triste.

- Além do mais, ainda tem sua historia inacabada com Sara, Lily, a mais recente com a Marie... Ou sei lá quantas outras.

- Elas só são amigas! – Tentou me fazer desistir.

- Estou fazendo o que é melhor para nós dois... – Eu era toda lágrimas, eu não conseguia parar de chorar.

- Fale por você, pode ser melhor para você, não para mim! – Ele alterou a voz chegando quase a gritar.

- Daqui alguns anos você vai notar que fiz a coisa certa para nós dois – falei.

- Não estou certo se isso um dia irá acontecer – Ele estava com a voz estranha meio tremula.

- Tenho certeza que sim, Taylor, sinto muito... Adeus. – Eu não conseguiria mais mentir por muito tempo, eu o amava demais.

- Esta acabando comigo por telefone?

- Precisaria marcar um dia na sua agenda se quisesse fazer isso pessoalmente e não quero interromper seu trabalho. – Esse era meu golpe final.

Eu estava jogando sujo com ele, jogando na cara dele que nosso relacionamento não daria certo do jeito que está.

- Desculpe...

- Não precisa se desculpar, quem se desculpa sou eu. Adeus Taylor Lautner.

- Adeus Carre.

Em uma ligação o meu mundo desabou e minha historia com Taylor definitivamente acabou, meus dias eram só choro, só tristeza. Eu não tinha animo para nada, mas sabia que eu não poderia competir com o trabalho dele. Ele precisava de uma mulher como ele, não como eu.

Eu não servia para ele.



9 comentários:

  1. Eu chorei litros lendo isso!
    Por favor, posta algo com eles voltando, eu não posso viver assim =/

    ResponderExcluir
  2. Verdade por favor não deixe a história deles acabarem assim.
    Por favor de continuidade a história deles por favorrrrr...
    Obrigada abracos aguardo ansiosa continuação desse romântico relacionamento TAYLOR E CARRE... ANA...

    ResponderExcluir
  3. Nossa chorei d+ lendo isso...
    Eles não podem ficar assim...
    Eles tem que voltar...
    Faça eles voltarem Por Favor!

    ResponderExcluir
  4. Ow vei... Como assim? E isso lá é final? u.u
    Quero mais!!!
    Volta eles por favor!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. A MEU DEUS.
    COMO ASSIM???????
    ISSO TA ERRADO, Ñ PODE!!!!!
    MEU DEUS, O DESESPERO ESTÁ CONSUMINDO MINHA ALMA.
    POSTA A CONTINUAÇÃO LOGO POR FAVOR VIOLET

    ResponderExcluir
  6. Ai meu Deeeuuss... continuaa, nao pode acabar assim :'(... please continue !

    ResponderExcluir
  7. É um blog encantador encontrei o seu blog enquanto navegava pela net, não li muito, mas gostei do que vi e li,espero voltar mais algumas vezes,deu para ver a sua dedicação e claro sempre aprendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário.
    Abraço fraterno.António.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir
  8. Violet, Como assim????? Eles não podem terminar!! Tem que ter uma continuação pelo amor de Deus!! Continua!!!!

    ResponderExcluir
  9. Posta mais Violet o Taylor e a Carre tem que terminar juntos.

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!